Notícias


04/11/2016 - Ex-árbitro espanhol revela homofobia em campo e recebe apoio de Iniesta

O cenário esportivo, mais especificamente o futebol, tem sido um dos maiores focos na luta contra a homofobia, e não somente no Brasil. Um ex-árbitro espanhol, conhecido em seu país pelo ativismo na causa, revelou uma conversa com Andrés Iniesta, na qual o capitão do Barcelona demonstrou apoio à iniciativa. Jesús Tomillero foi o primeiro árbitro espanhol a se declarar publicamente homossexual. O ex-juiz, porém, deixou a arbitragem após ter sido alvo de diversos insultos e, inclusive, ameaças de morte. Convidado pelo clube catalão para assistir à partida entre Barcelona e Granada, no Camp Nou, que resultou em vitória por 1 a 0 para os donos da casa, como exemplo da luta contra a homofobia no esporte, Tomillero pôde conversar com Iniesta, afastado do time por conta de uma lesão, na arquibancada “Iniesta me disse que é normal que os jogadores não saiam do armário”, disse o ex-árbitro no programa La Portería, do canal BTV. Segundo ele, o meio-campista azul e grená explicou o motivo pelo qual não existem jogadores assumidos. “Veja o que acontece com você, imagine o que aconteceria com nós, jogadores”, afirmou Iniesta. Em sua conta do Twitter, Tomillero agradeceu ao jogador pelo apoio e interesse pelo tema. A vitória sobre o Granada, no último sábado, deixou o Barça com 22 pontos, na vice-liderança do Campeonato Espanhol.